Google+ Badge

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Tratamento estético para eliminar gordura localizada!

Oláaa galerinha!! Tudo bem com vocês?


  Nesse sabádo, dia 14, fiz um tratamento estético para eliminar gordura localizada, a Criolipólise. Comentei com algumas amigas a respeito e percebi que a maioria delas, se não todas, não sabiam o que era e como funcionava a Criolipólise. A partir disso, resolvi fazer um post explicando melhor p/ vocês, porque acredito que vale a pena fazer! Eu adorei o resultado de quando fiz pela primeira vez, e espero ficar contente com esse d sábado também.. (fiz nos pneuzinhos, -flancos-) Ah, e fiz com a Dra Bianca Nideck, super recomendo!! 



O que é?

- A criolipólise é o método mais recomendado atualmente para eliminar gordura localizada sem agulhas e cirurgias plásticas. O tratamento, feito em consultórios e clínicas de estética, promove uma destruição das células de gordura (adipócitos) através do resfriamento controlado.

Como é feita?
-A dermatologista Carolina Marçon, assessora da diretoria da Sociedade Brasileira de Dermatologia, explica que o médico posiciona o aparelho sobre a parte do corpo a ser tratada. Uma manta umedecida é colocada na superfície da pele para protegê-la. A máquina promove então uma sucção a vácuo da pele entre dois painéis.
A pele tracionada é congelada durante cerca de uma hora a uma temperatura aproximada de -5°C a -10°C. A gordura é mais sensível ao frio que os demais tecidos, logo o dano ocorre especificamente nos adipócitos, poupando a pele e músculos.
A gordura sofre cristalização, as células adiposas são destruídas e posteriormente eliminadas pelo sistema imunológico, via sistema linfático. “É um procedimento não invasivo, sem cortes, sem uso de agulhas ou necessidade de anestesia”, esclarece a especialista.
Em que partes do corpo posso fazer?
- dermatologista Luiz Fernando Tovo, coordenador da Sociedade Brasileira de Dermatologia,  explica que a principal indicação da criolipólise é redução de gordura no abdômen e no dorso, o famoso pneuzinho, mas outras áreas também podem ser tratadas. “Existem ponteiras adequadas para todas as regiões de acúmulo de gordura e até tratamento bilateral, feito com duas máquinas”, conta.


Tempo de cada sessão
 
Cada sessão dura cerca de uma hora. Cada ponteira abrange, em média, uma região de 20 cm quadrados, mas é possível usar mais de uma ponteira ao mesmo tempo.

Contraindicações 
- Sobrepeso ou obesidade;
- Doenças metabólicas descompensadas, como diabetes, dislipidemia, síndrome metabólica;
- Cirurgias há menos de 6 meses;
- Pacientes com hérnia no local a ser tratado;
- Pacientes com implantes metálicos;
- Doenças cardíacas;
- Gestantes;
- Alta sensibilidade ao frio;
- Urticária;
- Prega cutânea menor do que 2 cm (medidos pelo adipômetro);
- Processos infecciosos;
- Neuropatias periféricas;
- Doenças que causam alterações dos fatores de coagulação, como hemofilia, trombocitopenia, deficiência do Fator V de Leiden, entre outros.
- Crioglobulinemia (doença relacionada ao frio
).
Criolipólise e obesidade
A criolipólise é um tratamento para gordura localizada, especialmente aquela que não conseguimos perder com o exercício físico. Portanto, ela não é indicada para pessoas que estejam com sobrepeso e obesidade. Nesses casos, o recomendado é buscar outras formas de emagrecimento, como dieta e exercícios físicos.

(informações tiradas do site bolsademulher.com)


Espero que tenham gostado do post! Se fizerem a Criolipólise, não deixem de me contar o que acharam, um beijo enorrrrrme!!